A cidade

De acordo com moradores mais antigos, o povoado de Santo Antônio do Sardoá surgiu próximo à fazenda do Sr. Demétrios Marinho de Moura, pertencente ao município de Virginópolis, em terreno doado pelos fundadores ao Santo Padroeiro.

A origem do nome 'Sardoá' vem de uma espécie de mineral, o 'toá', que foi utilizado nos alicerces das primeiras moradias construídas. É um mineral macio, e em linguagem indígena é chamado de 'sardoá', que quer dizer 'pedra mole'. Para fortalecer sua espiritualidade, os primeiros moradores se uniram e construíram uma pequena Igreja de madeira, no mesmo local onde foi construída posteriormente a nova Igreja, no centro da cidade.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Sardoà, pela lei estadual nº 336, de 27-12-1948, com terras desmembradas do distrito de Divino de Virginópolis (ex-povoado de Santo Antônio do Sardoá), subordinado ao município de Virginópolis. Em divisão territorial datada e 1-VII-1950, o distrito de Sardoá figura no município de Virginópolis.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Elevado á categoria de município com a denominação de Sardoá, pela lei estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembrado de Virginópolis. Sede no antigo distrito de Sardoá. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-03-1963. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte. Assembleia Legislativa www.almg.gov.br Prefeitura Municipal