SÃO VITOR

 

 

 

 

 

 

 

 

São Vitor nasceu na Mauritânia em uma família cristã, fazia parte da guarda pretoriana do império romano, servido ao imperador Maximiano.

Entretanto o imperador exigia que todos os soldados, antes de irem para a batalha, oferecessem sacrifícios aos deuses pagãos do Império. Os que se recusavam eram condenados à morte, e São Vitor recusou-se a participar do sacrifico por conta de sua fé.

Após sofrer nas mãos dos outros soldados, ser exilado e preso, São Vitor passou pelo martírio por não negar sua fé em nenhum momento.

Hoje São Vitor é conhecido como o patrono dos prisioneiros e exilado.

E foi o que São Vitor fez, recusou oferecer o sacrifício. Ele é um dos santos mais populares de Milão. E também, é o patrono dos prisioneiros e dos exilados.